terça-feira, 15 de abril de 2014

25º Prêmio da Música Brasileira: a lista dos indicados

Saiu a lista!
Entre os indicados ao 25º Prêmio da Música Brasileira, que será realizado no dia 14 de maio, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, homenageando o samba, está o nome de nossa Estrela, nossa Cigarra!
Ê alegria!! Valeu aos fãs que não se cansaram de votar!!

Para continuar votando, basta clicar AQUI!

quinta-feira, 3 de abril de 2014

Simone apresenta “É Melhor Ser” no Teatro Guaíra

CURITIBA Simone_CRÉDITOS LeoAversa74P_3
Para celebrar 40 anos de carreira, a cantora Simone vai apresentar o mais recente álbum “É melhor ser”, lançado em 2013, no Teatro Guaíra – Grande Auditório (Rua Conselheiro Laurindo, 200 – Centro), em Curitiba/PR. O show acontece no dia 12 de abril, a partir das 20h. Os ingressos custam R$ 100,00 e R$ 120,00.
Vinda de um projeto ao vivo lançado em 2010 em CD e DVD (“Simone em boa companhia”), o álbum é o primeiro de estúdio desde 2009, quando Simone lançou “Na veia” (ambos pela Biscoito Fino). A direção musical de “É melhor ser “é dividida entre a Bia Paes Leme, que vem de projetos com Chico Buarque, e o pianista, arranjador e maestro Leandro Braga.
CURITIBA simone_capa
Para o novo projeto, Simone escolheu canções de compositoras que admira, como Rita Lee, Joyce, Fátima Guedes, Marina Lima e Sueli Costa, além de outras que ela nunca havia gravado, como Teresa Cristina e Alzira Espindola.
Entre as inéditas do CD, há uma canção composta por Simone e Zélia Duncan chamada “Só se for”, além de “Haicai”, de Fátima Guedes. Outra novidade é a parceria de Simone com Fernanda Montenegro, “A propósito ”, que nasceu de um bilhete enviado pela atriz à cantora baiana. Simone decidiu musicar um trecho da carta e o tema abre e fecha o CD.
CURITIBA2013-12-08-ems-bh-rs7 CRÉDITOS REGINA SAMPAIO
Fonte: Sortimentos.com

Chico Buarque e Simone ganham tributo em bares da cidade Brasília

JSP_5

Macarrão, Di Pádua e Sousa exploram o lado político da obra de Chico Buarque (Foto: Divulgação)
Na última terça (1º), o cantor Salomão de Pádua fez show no Feitiço Mineiro (306 Norte) - Brasília/DF, explorando o aspecto político na obra de Chico Buarque. E no dia 11, estará no Nosso Mar (115 Norte) para prestar tributo a outro ícone da MPB, a cantora Simone, que completa quarenta anos de carreira.
O show Cale-se – A Música de Chico Buarque Contra a Ditadura foi idealizado para lembrar os cinquenta anos do golpe que deu início à ditadura militar no Brasil.
Salomão, Pecê Sousa (voz e violão) e Jorge Macarrão (percussão) interpretam músicas como Partido Alto, Roda Viva e Samba de Orly e Não Existe Pecado ao Sul do Equador.
Fã da artista, por quem alimenta “verdadeira devoção” desde os anos 70, Salomão apresenta o show Simone – Um Canto à Cigarra para comemorar as quatro décadas de carreira da intérprete. No repertório, músicas de diversos compositores que se tornaram sucesso na voz da intérprete.
Não é a primeira vez que o cantor maranhense radicado em Brasília homenageia a “ídola”. No ano passado, ele apresentou ao lado de Rogério Midlej o show Antologia de Maria Bethânia e Simone. Desta vez, estará acompanhado por Agilson Alcântara (violão e direção musical) e Amanda Costa (percussão).
O show no Nosso Mar (3349-6556) está programado para começar às 21h30. Será cobrado couvert de R$ 15,00. Não recomendado para menores de 14 anos.

sexta-feira, 28 de março de 2014

Cigarra

O país é Itália.
A cidade é Assis.
A Cigarra é a maior estrela cantante do Brasil.


Ao caminhar pela cidade de Assis, na Itália, adentrei no MUMA Museu e me deparei com esta cigarra... Tinha como não lembrar da nossa Cigarra?!
Mais um momento que ela, mesmo que indiretamente, deixa inesquecível.

quinta-feira, 20 de março de 2014

Ingressos para o show da cantora Simone estão à venda


Simone volta a Curitiba para mostrar o repertório de seu mais recente trabalho, o disco “É melhor ser”, que reúne canções de compositoras importantes na carreira da cantora, como Rita Lee, Joyce, Fátima Guedes, Marina Lima e Sueli Costa, entre outras que também estarão presentes no repertório. “Mulher o suficiente” (Alzira Espíndola e Vera Lucia Motta), primeiro single do cd disponível no iTunes, é um dos destaques do show, que traz também a inédita “Haicai”, de Fátima Guedes, além de duas parcerias de Simone: “Só se for”, com Zélia Duncan, e “A Propósito”, com Fernanda Montenegro.

O público ainda vai conhecer as versões personalíssimas de Simone para clássicos como “Charme do Mundo” (Marina e Antônio Cícero), “Mutante” (Rita Lee e Roberto de Carvalho), “Acreditar” (Dona Ivone Lara e Délcio Carvalho) e “Descaminhos” (Joanna e Sarah Benchimol), entre outros.

Inspirada pelo novo cd, a concepção do espetáculo é da própria Simone, com direção geral de Christiane Torloni.

Para assinar os arranjos do show e dirigir a banda, Simone convidou o músico e maestro Leandro Braga, que dividiu a direção musical do cd “É melhor ser” com Bia Paes Leme. A banda que acompanha Simone na turnê é formada por Leandro Braga (piano), João Gaspar (guitarra, violão), Bruno Migliari (contrabaixo), Christiano Galvão (bateria) e André Siqueira (percussão).

O show tem cenário assinado por Hélio Eichbauer e projeto de luz de Rogério Wiltgen. O figurino de Simone é do estilista Guilherme Guimarães e o dos músicos de Ricardo Almeida.

Serviço:

O que:
Simone no show ‘É melhor ser’
Quando: DIA 12 DE ABRIL, 21h
Onde: Teatro Guaíra (Praça Santos Andrade, s/n)
Quanto: 120 ( INTEIRA - PLATÉIA E 1 BALCÃO) | 100 (INTEIRA- 2 BALCÃO)

CLIENTES BRADESCO TEM 30% DE DESCONTO NA COMPRA DE 1 INGRESSO
CLIENTES DO CLUBE DO ASSINANTE TEM 20% DE DESCONTO NA COMPRA DE ATÉ 2 INGRESSOS
** DESCONTO NÃO CUMULATIVO COM OUTROS BENEFÍCIOS PREVISTOS EM LEI

Informações e compras: site do Disk ingressos (
http://www.diskingressos.com.br/ ), nos pontos de venda e no Teatro Guaíra. 

Fonte: Paran@shop

41 anos de carreira

Hoje, 20.03, comemora-se os 40 anos de nossa estrela e nesta data tão significativa, uma fã, Regina Cury, descreve no Espaço Simone Bittencourt de Oliveira o seguinte depoimento:

"Hoje, 20 de março, comemoramos oficialmente o aniversário de carreira de Simone, nossa Cigarra, nossa Diva. Uma carreira que nasceu há 41 anos sob o signo de peixes, emoção pura. Escrevo para atender a um pedido. E espero que meu texto reverbere os sentimentos nos corações de tantos fãs. Como nasci em 1969, minha carreira de fã começou bem depois que Simone já havia se transformado em um verdadeiro acontecimento na MPB.

A primeira imagem que tenho na memória é a dos olhos marejados de Simone ao cantar, para um estádio do Morumbi lotado, "Para não dizer que não falei das flores", de Geraldo Vandré (de 1968)*. A música, cuja execução pública havia estado proibida pela ditadura, ecoou no estádio como um hino à liberdade. A plateia veio abaixo. E com a emoção da plateia, minhas lágrimas rolaram sem que eu ainda pudesse me dar conta do significado simbólico daquele momento, daquele ato de liberdade e de democracia. E nesse dia nossa estrela cresceu em grandeza e em beleza. E cresceu muito em meu coração.

Foram muitos shows, muitos momentos bons. Ainda me lembro da ansiedade quando esperávamos chegar o próximo álbum. De pedir ao vendedor da loja de discos que reservasse os nossos (ai que saudade das lojas de música!). Me lembro de me emocionar do lado de fora quando ainda era jovem demais para ir aos shows, imaginando a felicidade de um dia ver aquela estrela frente a frente. Meu primeiro namoro, meus primeiros amigos de adolescência e muitas experiências em minha vida tiveram como ponto de encontro e inspiração essa paixão: Simone. E assim certamente para muitos de nós, fãs incondicionais, há décadas.

Simone é uma referência de garra. De autenticidade. De mulher. Uma artista que faz suas escolhas sem olhar para trás. Que sempre respeitou a diversidade, em todos os sentidos. Que enfrentou as críticas com a altivez de quem reconhece o valor do próprio trabalho, mesmo nas fases mais difíceis de sua estrada. Que manteve a coerência e a certeza de seguir em frente. Que para nossa alegria continua dona de uma energia e um magnetismo incomparáveis. Como cresce no palco, como brilham seus olhos! E como amadureceram sua beleza, sua capacidade de interpretar, como um vinho bom, que aproveita a passagem do tempo para se tornar ainda melhor. Sua música é mel da vida!

Hoje, dia 20 de março, gostaria de desejar, em nome de todos os fãs que se reconhecem aqui neste relato, vida longa à Cigarra! E de agradecer por todos os momentos em que, generosamente, divide com a gente essa pulsão de vida que transborda pelos olhos, pela pele e pela voz. Que ainda sejam muitos! Parabéns, muito sucesso e muita luz para nossa maior estrela!"

Regina Cury

* A primeira cantora a interpretar esta música após o período em que a canção esteve censurada foi Simone, em 1979.

Fonte: Espaço Simone Bittencourt de Oliveira 

sábado, 22 de fevereiro de 2014

“Eu tô voltando” é o samba de carnaval da Brahma

A Brahma não poderia ter escolhido uma música mais apropriada para seu comercial de carnaval 2014 que a “Eu tô voltando”. Primeiro porque a letra fala da marca Brahma, uma propaganda gratuita para a cerveja que só agora os compositores vão colher os frutos. (Tudo bem que na época em compuseram o samba a marca era sinônimo do produto, como Cotonetes é de hastes flexíveis). Segundo, porque a campanha atual da Brahma justamente tem o conceito “O futebol está voltando pra casa”.
O filme tem criação da Africa e a Sabrina Sato como rainha da bateria. A produção é da O2.

Confira o filme To Voltando da Brahma para o carnaval 2014


Leia a letra da música adaptada para o comercial:
Sou a paixão do planeta, a emoção
Sou a bola rolando
Eu to voltando
Pode estender a bandeira
Arrumar a TV, as cadeiras
Eu to voltando
Põe meia dúzia de Brahma pra gelar
Manda a turma chegar e vamos lá
Bora aí festejar
Chega vem se jogar
Porque eu to voltando

Ouça a música Tô Voltando cantada pela Simone

Os compositores da música são Paulo César Pinheiro e Maurício Tapajós, mas foi na voz da cantora Simone que ela ficou mais conhecida.

Abaixo a letra da música
Pode ir armando o coreto e preparando aquele feijão preto
Eu to voltando
Põe meia dúzia de Brahma pra gelar, muda a roupa de cama
Eu to voltando
Leva o chinelo pra sala de jantar…
Que é lá mesmo que a mala eu vou largar
Quero te abraçar, pode se perfumar porque eu to voltando
Dá uma geral, faz um bom defumador, enche a casa de flor
Que eu to voltando
Pega uma praia, aproveita, ta calor, vai pegando uma cor
Que eu to voltando
Faz um cabelo bonito pra eu notar que eu só quero mesmo é despentear
Quero te agarrar… pode se preparar porque eu to voltando
Põe pra tocar na vitrola aquele som, estréia uma camisola
Eu to voltando
Dá folga pra empregada, manda a criançada pra casa da avó
Que eu to voltando
Diz que eu só volto amanhã se alguém chamar
Telefone não deixa nem tocar… Quero lá.. lá.. lá..ia….
porque eu to voltando!
Fonte: Propaganda!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...